Notícias

Novidades Phabrix - equipamentos de medida

1) Novo equipamento Phabrix SX TAG (disponível em Novembro)

- Com o mesmo design e robustez de toda a gama SX, tem funcionalidades mistas de gerador e simultaneamente analisador de sinais como toda a série. Mas enquanto a restante série gera e analisa apenas sinais SD/HD/3G-SDI e AES, a serie SX Tag gera e analisa também sinais de vídeo composto.
- No entanto, o preço deste equipamento foi calculado para ser um entry level point, que fará sorrir em engenheiro de sinais vídeo…
- O equipamento funcionará em SD-SDI e HD-SDI no modelo standard havendo uma opção para poder trabalhar em 3G-SDI.
- Tem um slot para SFP o que permitirá, à medida que forem lançados os SFP, medidas em infrastruturas ópticas.
- Tem entrada de referencia (com visualização de forma de onda) e pode gerar referencia internamente, tendo para isso uma saída de referencia.
- Para áudio, o Tag tem uma ficha D15 com áudio analógico balanceado e AES. A Phabrix trabalhou de perto com a Dolby e o Tag suporta Dolby E, Dolby D e Dolby D Plus. De notar que a própria Dolby considera o Tag o substituto ideal para o seu descontinuado DM1000
- Tem uma ligação TCP/IP o que permite que de um qualquer web browser se controle remotamente a unidade. Permite ainda transferir para o pc remoto screen grabs e logs.
- É um equipamento que permite que o segurem com uma mão deixando disponível a outra para a cablagem. Nunca há mais de 2 passos de menu o que facilita a operação. A bateria de lítio assegura um tempo de operação entre 2 e 3 horas.
- Embora a versão base, de custo muito baixo, já venha bem equipada, haverá uma estrutura de opções que permitirão adicionar mais funcionalidades a custo extra.

Pode saber mais sobre o SX TAG em http://www.phabrix.com/product-details.asp?Auto_ID=27 .

2) Versão 7 e 8 dos rasterizers série RX

Embora já tenhamos enviado informação sobre a versão 7, em anexo encontrará um documento que descreve as novas funcionalidades, e que tornam os rasterizers RX da Phabrix, num equipamento muito interessante! Recomendamos a sua análise. Juntamos ainda um documento sobre a mais recente versão 8.
Na versão 8 foi apresentada a opção Closed Caption que mostra o closed captioning de 4 canais, a opção Loudness que mede em 4 canais, o modo de display lissajous para áudio, modificações no modo de display, permitindo agora ter janelas de vários tamanhos e com ou sem menus apresentados, um novo módulo que permite 4 I/O bidireccionais de pares AES, permite escolher os nomes das entradas e saídas para facilitar a identificação dos sinais quando em instalações fixas, análise de dolby digital e dolby plus, e muitas outrasa melhorias.
Convidamo-lo a ler o documento anexo para ficar melhor informado.

3) Dolby decode e metadata dispaly nos equipamento portáteis série SX e nos rasterizers série RX
Ambas as séries podem agora gerar e analisar Dolby E, Dolby Digital e Dolby Digital Plus, transportados como data bursts dentro da área de áudio SMPTE337M-2000 do stream SDI, e via I/O discretos AES.
A série RX pode ainda descodificar dois pares estéreo de qualquer das fontes dos RX, internas ou externas. As fontes têm de estar referenciadas a clock e serem síncronas.
Problemas típicos nas instalações SDI com Dolby são os problemas relacionados com o timing que dificultam a detecção dos headers Dolby, bem como as interrupções ou corrupções do stream de dados. As opções Dolby dos SX e dos RX, permitem gerar e medir Dolby de modo a fazerem-se testes em loop fechado permitindo mais fácil identificação do problema.
O módulo Dolby Decode do RX permite descodificar o stream de dados Dolby para banda base para monitorização e análise, por exemplo, para analisadores de nível, medidores de fase, displays lissajous, monitorização de loudness e até ouvir o áudio,


Conheça melhor a linha Phabrix em www.phabrix.com. E contacte-nos se precisar de mais informações.